Qual a importância de calcular o limite de crédito

Toda empresa que se prese, pensa em alcançar bons resultados e, de certo modo, isso depende de uma boa gestão do time financeiro. Dessa forma, calcular o limite de crédito das empresas com quem você negocia, é muito importante.

Dessa forma, com a economia instável nos últimos tempos, o maior pavor dessas corporações é a inadimplência. Sendo assim, nesse post vamos explicar a importância desse recurso no dia a dia da sua empresa.

O limite de crédito é o que garantirá a sua empresa uma maior regularidade na negociação. Sempre estabelecendo critérios valiosos com os quais seu time de vendas pode trabalhar. Mas sempre levando em consideração o potencial financeiro de seu cliente.

Dessa maneira, se evita muitos riscos desnecessários como, por exemplo, a liberação de vendas com prazos que os clientes não podem pagar. Causando assim um problema no seu fluxo de caixa.

Planilha de Fluxo de Caixa

Por que o limite de crédito é importante?

Em poucas palavras, calcular o limite de crédito é algo que pode auxiliar e muito na hora de saber um pouco mais sobre a saúde financeira do cliente. Diante disso, você fica mais ciente do tipo de negociação que pode fazer.

Portanto, estabelecer um limite de crédito para as empresas com quem você negocia, é uma das maneiras mais eficazes de blindar as finanças de sua empresa.

Ou seja, você consegue limitar essas transações e assim trabalhar com mais segurança. De certa forma, você trabalha com valores mais compatíveis com a realidade da empresa que solicita o crédito.

De certo, o limite de crédito é uma ferramenta ideal para conservar a dinâmica do negócio. Permitindo que você trabalhe com diversos tipos de clientes, sem assumir grandes riscos que podem trazer inadimplência para sua empresa.

Você tem acesso a informações valiosas na hora de analisar o limite do cliente

Muitos gestores temem em fazer transações de valores maiores com medo de o cliente não honrar o compromisso. Em consequência disso, poderia haver danos graves no seu fluxo de caixa e em casos extremos, levar a falência.

Mas em muitas empresas, o gestor se liberta desse medo de fazer transações altas, por meio do entendimento do limite de crédito.

Obtendo informações valiosas, ele consegue ter um bom embasamento e assim, decidindo se é ou não viável para a empresa realizar tal transação.

Em resumo, esse tipo de conceito é vital para a existência da empresa. Fazendo com que os gestores atuem de maneira segura e com mais planejamento na tomada de decisão.

Como fazer o cálculo correto do limite de crédito das empresas

Primeiramente, para realizar esse cálculo é preciso fazer uma boa análise financeira da empresa. De fato, apenas depois desse relatório, é possível conceder um limite de crédito com mais precisão e segurança.

De maneira geral, é preciso ser considerado diversos fatores para fazer o cálculo do limite de crédito, mas sempre levando em conta o ramo em que fatura, seu objeto social e a quantidade de vendas que ela faz.

Além de algumas outras informações, como:

  • Tamanho da empresa;
  • Capital social;
  • Quanto tempo atua no mercado;
  • DRE (Demonstração de resultados);
  • Balanço patrimonial;
  • Preços dos produtos e serviços fornecidos;
  • Referências no mercado;
  • Fontes de financiamento;
  • Score de crédito;
  • Classificação de risco;
  • Prazos de pagamento.

Algo que deve ser levando em consideração é que, quanto menor os prazos de pagamento, maior será a rotatividade no limite da empresa. Por outro lado, quanto maior o prazo, menor a rotatividade.

Qual a importância de calcular o limite de crédito

Portanto, esses são alguns critérios usados para a análise, e você também pode adicionar outros que podem ser convenientes para sua análise. O analista define um teto máximo para a concessão de crédito.

Ou seja, não adianta você conceder um limite de crédito de 25.000,00 para uma empresa cujo seu capital é de 5.000,00, por exemplo. Mesmo que essa empresa preencha todos os outros requisitos, não faz sentido.

Portanto, conhecer o limite de crédito de uma empresa é essencial para uma boa gestão e também uma boa relação com os seus clientes. Entretanto, estabelecer critérios que sejam bons para ambos os lados, é o trabalho de um bom analista de crédito.

Por fim, ter esse tipo de informação, faz com que o gestor atue de maneira eficiente e planejada, mas sempre tomando decisões mais assertivas nas negociações.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Um pensamento em “Qual a importância de calcular o limite de crédito”